plataformas de automatização

Plataformas de automatização de Marketing e Comunicação – como escolher a melhor para o seu processo

Equipe Huntag

Diversos tipos de plataformas estão disponíveis para auxiliar e otimizar as operações de uma empresa. A incorporação desses sistemas tem o potencial de transformar a abordagem de organização, planejamento e posicionamento de uma marca. Por isso, os investimentos em tecnologias continuam a ser uma prioridade para as empresas em todas as áreas.

E nas áreas de marketing e comunicação, como podemos melhorar os processos internos? Para fugir um pouco das “commodities”, as plataformas procuram principalmente diferenciar suas entregas com base na capacidade de escala, na usabilidade, facilidade de implementação, experiência do usuário e o principal, atendimento.

Elencamos abaixo alguns sistemas que podem otimizar seus processos internos e garantir um resultado exponencial para sua marca. Mas antes, vamos entender a maturidade da sua área de marketing e comunicação, e se estão prontas para qualquer tipo de implementação de sistema. Vem com a gente!

 

Etapa um: você precisa automatizar seus processos de marketing e comunicação?

Decidir se sua empresa precisa ou não automatizar seus processos exige as mesmas etapas avaliativas envolvidas em qualquer adoção de software, incluindo uma autoavaliação abrangente das necessidades de negócios da sua organização, capacidades de pessoal, suporte de gerenciamento e recursos financeiros.

Use as seguintes perguntas como orientação para determinar a resposta.

  1. Superamos nosso sistema de marketing atual? A automatização costuma ser uma solução para empresas que estão crescendo rapidamente e precisam escalar seus esforços. Se você tiver dados em vários bancos de dados que não podem ser consolidados ou estiver usando um sistema de e-mail que não pode fornecer o nível de segmentação comportamental de que você precisa, pode ser o momento para a automatização de marketing.
  2. Quais recursos de automatização são mais críticos para o nosso negócio? Identifique e priorize seus requisitos de software e os principais recursos de que você precisará do novo sistema. Seus representantes de vendas precisam de acesso em tempo real aos dados de marketing? Então a integração nativa de CRM é obrigatória. Você tem uma presença sofisticada nas redes sociais? Então, o gerenciamento e a integração do marketing social serão importantes. Sabendo do que você precisa, você estará em melhor posição para controlar o processo de seleção e escolher a plataforma que mais beneficiará a organização.
  3. Quais são nossos objetivos? É fundamental saber com antecedência quais serão seus objetivos para o sistema de automação. Você quer melhorar a qualidade dos leads transferidos do marketing para as vendas? Ou aumentar a receita aumentando a conversão em estágios-chave do ciclo de compra? Você deseja melhorar a visibilidade dos ciclos de compra e venda para otimizar o envolvimento de marketing? Ou você deseja alcançar uma parte cada vez maior de seus leads que são usuários de celular? Reúna as principais partes interessadas para estabelecer os objetivos da organização.
  4. A gerência apoia esta compra? Todo profissional de marketing deve ter um patrocinador executivo para garantir o suporte no nível C. Se você não é o tomador de decisão final.
  5. Temos o conjunto de habilidades internas e a equipe necessária? Para maximizar seu ROI (Retorno sobre o investimento), a equipe precisará de treinamento e disposição para desenvolver e executar novos processos de negócios. Você também pode precisar considerar novas contratações. Identifique alguém na organização que assumirá a liderança no processo de seleção, bem como quem utilizará o sistema após sua adoção.
  6. Como iremos medir o sucesso? Essa é uma das perguntas mais difíceis e está diretamente relacionada com a compreensão do motivo pelo qual você está adotando uma plataforma de automação. Se sua meta é aumentar as conversões, você precisará saber qual é a sua taxa de conversão antes da automação para medir seu impacto. Se for para melhorar a eficiência operacional, esteja preparado com métricas de trabalho. Além de medir em relação aos seus objetivos de marketing, é aconselhável medir a profundidade e a amplitude do uso da plataforma.

Algumas plataformas de automatização são completas, enquanto outras apresentam ferramentas e serviços complementares, busque aquela que se enquadre melhor na sua necessidade.

 

Customer Relationship Management (CRM)

Uma plataforma de Customer Relationship Management (CRM), ou Gerenciamento de Relacionamento com o Cliente, desempenha um papel crucial na automatização e melhoria dos processos de uma empresa. Ao centralizar dados detalhados sobre os clientes, histórico de interações e preferências, oferece uma visão completa do cliente, personalizando as abordagens e aprimorando o atendimento.

Além disso, a plataforma automatiza processos de vendas, desde o acompanhamento de leads até a conversão em clientes. Ele otimiza a gestão do pipeline de vendas, fornecendo insights valiosos para tomadas de decisão informadas. A automatização de marketing é outra vantagem, segmentando campanhas com base no comportamento do cliente. Tarefas e lembretes são gerenciados eficientemente pelo CRM, garantindo que nenhum acompanhamento seja negligenciado. Relatórios e análises oferecem métricas essenciais, auxiliando na compreensão do desempenho e na adaptação de estratégias.

Além de focar nos clientes, um CRM também automatiza processos internos como aprovações de vendas e comunicações interdepartamentais. Com aplicativos móveis, as equipes podem acessar e atualizar informações em tempo real, mesmo em trânsito. A escalabilidade do CRM permite que ele cresça junto com a empresa, mantendo a eficácia na gestão dos relacionamentos.

Alguns exemplos de plataforma CRM são: Pipedrive, HubSpot e RD Station.

 

Social Listening

Uma plataforma de Social Listening é essencial para otimizar a gestão da percepção do público nas redes sociais. Através do monitoramento automatizado de menções da marca e análise de sentimentos, oferece insights valiosos sobre a reputação da empresa. Identifica tendências emergentes, auxiliando nas decisões estratégicas e permitindo uma resposta ágil às mudanças do mercado.

Além disso, direciona o atendimento ao cliente ao identificar interações nas redes sociais, melhorando a satisfação do cliente. Também fornece visão competitiva ao monitorar as atividades da concorrência e gera relatórios automatizados para avaliação de desempenho.

A integração com outras ferramentas amplia ainda mais seu impacto, garantindo uma compreensão completa das interações com os clientes. Em resumo, o Social Listening automatiza e aprimora processos vitais, promovendo eficiência operacional, decisões mais informadas e crescimento sustentável.

Alguns exemplos de plataforma Social Listening são: Hootsuite, Brand24, Etus e MLabs

 

Digital Assets Management (DAM)

A implementação de uma plataforma de DAM está diretamente relacionada à redução significativa do tempo gasto em tarefas manuais de busca e organização de arquivos. Aqui estão alguns pontos que demonstram como uma DAM pode impactar positivamente a redução do trabalho manual relacionado a essas atividades:

Busca eficiente: Os ativos digitais são organizados de forma estruturada e categorizados com metadados relevantes. Isso permite que os usuários encontrem rapidamente os arquivos necessários, eliminando a necessidade de gastar tempo procurando manualmente em pastas ou sistemas desorganizados.

Recuperação rápida: Em vez de perder tempo buscando arquivos em diversas pastas ou sistemas, os colaboradores podem simplesmente usar a funcionalidade de busca da DAM para encontrar os ativos desejados em segundos. Isso economiza um tempo valioso que seria desperdiçado em tarefas de busca repetitivas.

Eliminação de Repetição: Sem uma DAM, é comum que diferentes membros da equipe criem suas próprias versões de um mesmo arquivo por não conseguirem encontrar a versão original. Utilizando a plataforma, versão autorizada e atualizada de um arquivo está sempre disponível, eliminando a necessidade de duplicação de esforços.

Acesso Simplificado: Permite que os funcionários acessem os ativos de qualquer lugar, a qualquer momento. Isso é especialmente útil para equipes remotas ou distribuídas, pois não precisam esperar por compartilhamentos de arquivos lentos ou por alguém para enviar o arquivo.

Colaboração Mais Eficaz: Facilita a colaboração, permitindo que várias pessoas trabalhem nos mesmos ativos ao mesmo tempo. As atualizações são refletidas em tempo real para todos os colaboradores, eliminando a confusão de versões desatualizadas.

Automatização de Metadados: Atribuir metadados aos arquivos manualmente pode ser demorado e propenso a erros. Com a plataforma, metadados podem ser automaticamente gerados ou associados com base em regras predefinidas, economizando tempo e garantindo a precisão.

Reutilização Inteligente: Uma DAM permite identificar ativos que podem ser reutilizados em novos projetos. Isso elimina a necessidade de recriar conteúdo do zero, economizando tempo e recursos.

Relatórios de Uso: As informações coletadas pelo sistema sobre o uso de ativos podem ajudar a identificar o histórico e gerenciamento de uso dos ativos digitais, como quem baixou, editou ou adicionou tal arquivo à plataforma.

A Huntag é uma plataforma DAM que te auxilia com todos os recursos citados acima. Ao reduzir drasticamente o tempo gasto em tarefas manuais de busca e organização de arquivos, a Huntag, libera recursos e energia da equipe para se concentrarem em atividades de maior valor, como criação de conteúdo, estratégia e inovação. Isso resulta em um aumento geral na eficiência e na produtividade da empresa.

 

Como a Chilli Beans automatizou seus processos internos com a Huntag

A Chilli Beans ilustra perfeitamente como a adoção de uma plataforma de Gerenciamento de Ativos Digitais poderia ter solucionado os desafios que eles enfrentavam. A equipe buscava uma maneira prática e organizada de compartilhar imagens de produtos com todos os setores da empresa, parceiros externos e suas lojas. Apesar de já terem seus conteúdos armazenados na nuvem, a distribuição e o controle não estavam sendo produtivos. Além disso, a criação manual de diferentes versões de imagens para diferentes canais estava consumindo tempo e podia levar a erros.

A Huntag trouxe uma solução para esses desafios específicos. Com ela, a equipe pôde centralizar todos os ativos em um só lugar, facilitando o compartilhamento, o acesso e a busca de imagens. A distribuição de conteúdo entre os departamentos e parceiros também se tornou mais eficiente, já que os ativos estavam acessíveis com segurança. A plataforma também simplificou a criação de diferentes tamanhos de imagens para canais distintos, eliminando a necessidade de um trabalho manual intensivo.

Em resumo, a implementação da Huntag resolveu os problemas da equipe da Chilli Beans em relação à distribuição, organização e gestão de ativos digitais. A equipe pôde se concentrar em tarefas mais relevantes e estratégicas, enquanto a Huntag lidava com os aspectos mais operacionais e repetitivos. Isso demonstra como uma solução de gerenciamento de ativos digitais pode aliviar a carga de trabalho manual e melhorar a eficiência de processos empresariais.

Quer conhecer automatizar seus processos de distribuição de conteúdo com a Huntag?

Entre em contato com a gente e fale com um especialista!

Se Organizar Todo Mundo Trampa!

Baixe o e-book:

Operação de conteúdo: o que é e por que você precisa olhar para esse conceito?

Siga-nos nas redes sociais! 😉

More great articles

Banco de Imagens

Banco de imagens: crie seu próprio acervo e evite conteúdos que todo mundo tem!

Utilizar imagens é indispensável dentro das estratégias de marca e marketing e, por isso, o banco de imagens é grande…

Read Story
Trabalho híbrido

Trabalho híbrido: como o DAM é uma ferramenta importante no novo cenário

Com a retomada da vida mais próxima a normalidade, os trabalhos presenciais voltam a ser comuns na vida dos brasileiros.…

Read Story

O que é Economia Circular e os benefícios para área digital

O atual o modelo da “economia linear”, onde se fabrica e/ou utiliza um recurso e esse é descartado, já está…

Read Story

Fique por dentro!

Novidades e conteúdos sobre Comunicação, Marketing e como podemos te auxiliar. Não enviaremos Spam.

    Arrow-up