Ambiente de trabalho colaborativo: 5 ações para seu negócio!

Ambiente de trabalho colaborativo: 5 ações para seu negócio!

Equipe Huntag

Com as tecnologias, mudança do perfil do trabalhador, inclusão de novas gerações no mercado de trabalho e ampla possibilidade do uso de ferramentas nas empresas, o ambiente de trabalho colaborativo passa a ser cada vez mais valorizado e diferencial nos negócios.

Investir em um ambiente de colaboração é essencial, afinal, quando as pessoas e ferramentas trabalham em conjunto para um mesmo objetivo, maiores as chances de os resultados positivos serem mais rapidamente alcançados, certo?

Sendo assim, é momento de olhar para estratégias, entender o quão realmente colaborativo tem sido seu ambiente e investir em ações para que seu negócio não fique para trás com o advento de diversas tecnologias, tendências e metodologias.

Para te ajudar, reunimos 5 ações para fortalecer o ambiente de trabalho colaborativo e te dar ainda mais resultados no dia a dia. Acompanhe!

 

O que é um ambiente de trabalho colaborativo?

Para reforçar a cultura colaborativa no ambiente de trabalho é preciso compreender de fato o que é esse conceito. Uma empresa colaborativa é aquela que consegue engajar seus times, parceiros e clientes, dando voz a todos dentro do negócio.

Dessa forma, todos aqueles que têm algum tipo de contato com a empresa ganham voz e podem expor seu conhecimento, incentivando trocas e aprendizagem em conjunto.

É claro que clientes e parceiros são importantes nesse momento, mas evidentemente os colaboradores são os grandes papéis desse ambiente de trabalho colaborativo, afinal, são eles que vivem a rotina do negócio, interagem com pessoas, ferramentas e estratégias e são os porta-vozes das marcas.

Investir em ambiente de trabalho colaborativo dá benefícios aos negócios como:

●      Visão de um propósito comum para todos os integrantes do ambiente;

●      Cria-se cultura de contribuição dentro da empresa;

●      Aumenta produtividade e reduz retrabalho;

●      Reduz erros;

●      Fomenta a inovação de processos;

●      Valoriza as pessoas e os times;

●      Cria oportunidades de desenvolvimento dos profissionais;

●      Melhora o clima organizacional;

●      Valoriza a imagem da empresa para o mercado.

 

Como investir em um ambiente de trabalho colaborativo? 5 ações para sua rotina!

Agora que você sabe mais sobre o que é um ambiente de trabalho colaborativo e seus benefícios, vamos falar de forma prática sobre essa cultura.

 

Não existem regras e manuais para a criação de uma nova cultura, afinal, ela deve ser fomentada diariamente e depende das pessoas que fazem parte desse local, certo? Porém, algumas atitudes e ações são essenciais para que esse ambiente seja cada vez mais colaborativo e caminhe para seus objetivos.

 

1. Engaje os colaboradores em objetivos comuns

Para que sua equipe realmente trabalhe de forma conjunta e colaborativa é preciso que elas conheçam os objetivos e saibam para onde ir. Não adianta cobrar espírito de time e colaboração se cada pessoa caminha para um objetivo próprio, não é mesmo?

É essencial definir quais são os objetivos gerais do negócio, dos times e de cada profissional para que assim todos os colaboradores possam atuar na mesma direção, ajudando uns aos outros para o alcance das metas e resultados.

Para isso, mantenha uma comunicação clara entre lideranças e times, faça reuniões periódicas de alinhamento, revise e analise o andamento dos projetos e acompanhe de perto a evolução de cada profissional dentro do ambiente de trabalho.

 

2. Treine e capacite suas pessoas

Um fator crucial para um ambiente de trabalho colaborativo é a educação corporativa e o desenvolvimento de pessoas. Muitas são as mudanças diárias nas rotinas de trabalho, uso de ferramentas e formas de entrega e é preciso que os colaboradores estejam em constante preparação e atualização para seu posto.

Criar jornadas de aprendizado e gestão de conhecimento dentro do negócio é essencial para que a inovação, pensamento crítico e tendências estejam em alta dentro do negócio e para que suas soluções não fiquem para trás no meio de um mercado tão competitivo.

Lembre-se que as pessoas são os grandes ativos do negócio, portanto, para ter um verdadeiro ambiente de trabalho colaborativo é preciso investir em seu público interno.

 

3. Tenha espaços colaborativos

Não dá para pensar em ambiente de trabalho colaborativo se cada colaborador está muito distante um do outro e não são incentivados à interação. Olhe para seu espaço físico e entenda como ele pode ajudar nessa cultura dentro do negócio.

Vale a pena investir em espaços de colaboração como mesas e espaço de reunião, materiais que incentivem o brainstorming e a criação visual, salas de descanso, espaços de café e locais em que existam trocas e conversas entre as pessoas.

Muitas empresas pensam que a criação de soluções vem apenas em situações formais, mas grandes ideias saem de café e conversas informais de corredores.

E claro, em um momento em que o home office se estabeleceu como tendência, pode ser que os espaços físicos não façam mais sentido, mas isso não significa que a troca deve ser esquecida.

Mesmo que trabalhando à distância, crie reuniões constantes dos times, incentive as ferramentas colaborativas, proponha happy hours online e encontros informais e tenha estratégias para que suas pessoas se sintam próximas, mesmo estando cada uma em sua casa.

 

4. Tenha lideranças fortes

As lideranças são grandes disseminadoras do ambiente de trabalho colaborativo e é preciso que aqueles que ocupam esse posto estejam preparados para isso. É essencial contar com líderes capazes de comunicar, engajar, se aproximar e colaborar de fato com as equipes.

Portanto, olhe com cuidado para essas pessoas, treine os líderes, crie ambientes de confiança e comunicação e não faça com que aqueles que estão no topo do organograma se distanciem dos grupos e da cultura.

 

5. Use tecnologias de ponta

Para auxiliar os trabalhos diários e as trocas entre as pessoas dentro de cada projeto é preciso ter ferramentas que façam parte das estratégias de ambiente de trabalho colaborativo e investir em tecnologia é mais do que necessário no mercado atual.

Ao conhecer suas pessoas, estruturas e rotinas torna-se possível entender o que precisa ser otimizado e o que pode ser facilitado com a organização e implementação de ferramentas.

Imagine um ambiente de marketing e comunicação com diversas imagens, documentos, mídias e conteúdos que são utilizados internamente, para parceiros e clientes. Esse é um ambiente de trabalho que exige colaboração para que não se percam informações e para que todos mantenham uma rotina de trabalho fácil e fluída, não é mesmo?

Nesse cenário, por exemplo, uma ferramenta de colaboração faz toda a diferença e ter uma central de mídias é um grande ganho para o negócio.

Vale dizer que uma central de mídias é muito mais do que uma pasta compartilhada ou banco de dados, mas sim um local em que todas as suas mídias e documentos importantes podem ser armazenados e compartilhados.

Dessa forma, cria-se a colaboração e comunicação efetiva no ambiente corporativo e as pessoas param de perder tempo e de terem muitos erros no processo. Ou seja, com a ajuda de simples implementação e ferramentas, o trabalho e a dinâmica passa a ser otimizado, facilitado e pronto para novos resultados, faz sentido?

Investir em ambiente de trabalho colaborativo é uma grande reunião de pessoas, processos e ferramentas e é preciso olhar para cada um desses pilares para que a cultura de colaboração realmente se inicie no negócio e passe a fazer parte do dia a dia da estrutura.

Quanto mais colaborativo e com o mesmo objetivo caminhar suas equipes, mais resultados seu negócio enxergará!

O quanto o ambiente de trabalho colaborativo é valorizado em seu negócio e o que falta para sua empresa investir nessa tendência? Aproveite que agora você sabe mais sobre ele e saiba como a Gestão de Ativos Digitais vai ser uma ferramenta essencial em seu projeto e estratégia de colaboração!

Diferença entre DAM e armazenamento em nuvem

Baixe o e-book:

Diferença entre DAM e armazenamento em nuvem

Siga-nos nas redes sociais! 😉

More great articles

Gestão de Ativos Digitais: o que precisa saber antes de usar

Gestão de Ativos Digitais: o que precisa saber antes de usar

Sistemas de Gestão de Ativos Digitais (DAM – Digital Assets Management), não são apenas para compartilhar e armazenar arquivos digitais,…

Read Story
tom de voz de marca

Tom de voz de marca: como criar ou fortalecer o seu? 6 dicas para o negócio!

Uma marca vai muito além de cores, logotipo, conteúdo, preços e produtos e é preciso que tudo o que está…

Read Story

Organização de arquivos com Folderless: menos é mais!

Há bem pouco tempo, a organização de arquivos era feita fisicamente por muitas empresas. Eram salas com incontáveis gaveteiros lotados…

Read Story

Fique por dentro!

Novidades e conteúdos sobre Comunicação, Marketing e como podemos te auxiliar. Não enviaremos Spam.

    Arrow-up